Shueisha não deu strikes, segundo investigações

A investigação de Artur parece ser bem verídica...

One Piece / Divulgação

Dia 7 de janeiro de 2021 muitas contas receberam strikes por qualquer foto de perfil, gifs, fanarts, cenas que fosse de algo da Shueisha, assim, do nada.

Um usuário do Twitter fez uma investigação onde ele informa o que realmente aconteceu. Artur fala que que não foi a Shueisha que estava enviando as disputas de direitos autorais:

Resumo da investigação do Artur:

Primeiro ele começa falando que os dados de telefone e endereço dados nas disputas de direitos autorais estão errados, não são dados da Shueisha e sim da Kadokawa, e que isso indica que uma pessoa comum teria ido na internet e pego os dados errados, já que se fosse um funcionário real, não teria errado.

Segundo, os strikes vem com declarações incorretas e que contradizem as disputas. Além disso foi descoberto que a pessoa que está por trás desses strikes também é responsável por ter assediado e ameaçado vários outros criadores de conteúdo no passado. (resumido por Você Sabia Anime)

Segundo a investigação, ao que parece, tudo isso começou por conta de uma pessoa querendo atacar a YouTuber Jessix, pois segundo ele, os primeiros strikes da Shueisha nesse molde foram enviados a ela no começo desse ano, antes de tudo isso começar.

Continuando…

A pessoa decidiu aplicar strikes em mais pessoas, como uma forma de não levantar suspeitas de que ela seria o alvo, digitando “One Piece” e “Dragon Ball” na busca, aplicando strikes em qualquer um que via, incluindo também a Jessix. Isso também acabou atingindo um artista oficial:

Enquanto ela recebia os strikes, ela recebia também mensagens no discord de contas faltas que, segundo Artur, seria a mesma pessoa que aplicou os strikes em geral.

No desfecho, finalmente após aplicar uma disputa de direitos autorais nela no dia 7 de janeiro, ela recebe uma mensagem de outra conta fake no discord com a frase: “Jess, vire minha namorada”.

Então, temos a verdade: não foi nem a Shueisha e nem a Kodansha.

O que acharam dessa confusão